segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Conversar com os autores: como assim?

Olá pessoal

Os orientadores de Trabalhos Acadêmicos de Final de Curso, os famosos TCCs, sempre pedem que no texto o aluno "converse com os autores". Isso quando não for uma revisão de literatura.

Na revisão de literatura é feita uma apresentação de diversas opiniões de diversos autores, que "conversam entre si", ou seja, uma ideia vai complementando a outra. Não é apenas jogar opiniões sem sentido. Mas nesta situação não se coloca opiniões pessoais do autor do TCC. Apenas dos autores pesquisados.

Entretanto, muitos professores pedem que no desenvolvimento do texto haja uma "conversa" entre o autor do TCC com os autores pesquisados.

E como isso é possível???



Simples. Você faz uma revisão de literatura normal, da forma explicada acima, e depois você coloca suas opiniões pessoais entre cada citação. Assim:

A perda óssea acetabular se mostra um dos principais problemas na revisão da artroplastia total de quadril (ROSITO et al, 2009).

Na visão dos autores (ROSITO et al, 2009), a perda óssea acetabular está entre os problemas mais importantes na artroplastia total de quadril. Entre os mais importantes também estão ... (aqui pode-se explicar os outros e os motivos da perda óssea acetabular ser um dos principais).

A técnica cirúrgica ideal para a reconstrução acetabular permanece um desafio para os cirurgiões de quadril (ROOS et al, 2008).

Com isso, conforme os estudos de (ROOS et al, 2008), apesar de tantos avanços nas cirurgias de artroplatia total, ainda é um desafio para os cirurgiões por causarem insucessos para os pacientes e problemas futuros.


O ideal é que as "conversas" sejam feitas na discussão dos resultados. É ali que se deve dar opiniões próprias e colocar todas as ideias colocadas no texto novamente dispostas, a fim de que sejam comentadas e discutidas pelo autor do TCC.

Espero ter ajudado com estas colocações.

Maiores informações, entre em contato pelo site www.monografiaurgente.com pois temos inúmeras formas de lhe ajudar. 

Um grande abraço!!

Nenhum comentário: